Marketing Guia Comercial UAUÁ Marketing Guia Comercial UAUÁ Marketing 2 Guia Comercial UAUÁ Produtos e Serviços
Portal Casa Nova

Empresas em destaque

Reforço escolar Pequeno Príncipe

ABRE / FECHA Segunda  à  Sexta Manhã  08:00 | 11:00 Tarde das 14:00 às 17:00 INFORMAÇÕES DE CONTATO ...

thumbnail

Coronel admite que for desejo da base, pode voltar atrás e partir para a disputa, sobre eleições em Salvador

 Foto: Arquivo/Agência Senado
Em meio a busca por nomes competitivos para a disputa para a prefeitura de Salvador em 2020, o senador Angelo Coronel (PSD) admitiu que se houver consenso no seu grupo político de que seu nome tem chances de sair vitorioso das urnas, ele pode voltar atrás e entrar na disputa.

“Nas últimas eleições tive uma votação expressiva na capital baiana, não posso negar [600 mil votos válidos], mas hoje não está em meu radar disputar a eleição de Salvador, mas se o partido, se o governador Rui Costa (PT), a base, por um acaso, achar que o nome de Angelo Coronel possa ser o nome com chances de ganhar, posso voltar atrás”, enfatizou, durante entevista a Rádio Metropóle, na manhã desta segunda-feira (13), ao apresentador Mário Kertész.

Além dele, no PSD,  o vereador Edvaldo Brito se colocou à disposição para representar o partido nas urnas. Coronel justifica que com o fim das coligações nas eleições proporcionais, para vereadores, criou-se uma imposição para que os partidos tenham candidatos a prefeito como forma de sobrevivência.

PEC VEREADORES – O senador lembrou que conseguiu 29 assinaturas e apresentou uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC 67/2019) que permite aos partidos coligações para vereadores nas eleições municipais de 2020.

Segundo Coronel, com a regra atual as eleições nos municípios ficam limitadas a dois partidos: o do prefeito e o da oposição, prejudicando o pluralismo político.
“Nós temos que entender que uma eleição municipal é diferente de uma eleição estadual ou de uma para presidente ou senador. Tratam-se de políticas, conjunturas completamente diferentes”, observou, complementando que sua preocupação é que  a grande maioria não consega alcançar o coeficiente eleitoral.

Para ser aprovada, a PEC precisa do voto favorável de 54 senadores (2/3 do Senado).


Cadastre seu e-mail

Receba atualizações com ofertas deste aunciante em seu e-mail

Nenhum comentário até o momento:

Regras sobre comentário no site.
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação; sob penas das leis brasileiras no Art. 140.
O uso de palavras fortes como;ladrão, idiota;corrupto; e expressões de baixo calão em geral representam crime.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Siga por email

TVU

Anunciar| Contrato| Preços| Privacidade| Contato Site Seguro garantido pelo Goolge
UAUÁ.COM.BR - O SEU GUIA © 2004 - 2019 | (74) 9 9980 - 3010