Bem-vindo (a) ! Hoje é

728x90 AdSpace

Procurar no site. Empresas, classificados, hotéis, pousadas, pessoas e notícias.

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Caio Castro é condenado a pagar indenização de R$ 7.000 por agredir fotógrafo em Trancoso

Caio Castro é condenado a pagar indenização de R$ 7.000 por agredir fotógrafo em Trancoso


Caio Castro na pré-estreia de "Cinquenta Tons de Liberdade", no JK Iguatemi - Zanone Fraissat 7.fav.2018/Folhapress
O ator Caio Castro foi condenado a pagar R$ 7.000 de indenização ao fotógrafo André Ligeiro, que o processou após ter sido agredido em uma festa no Réveillon de 2017, em Trancoso, na Bahia. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo, nesta quinta-feira (24). 

Em nota, a assessoria de Caio Castro afirma que a ação tramita em segredo de justiça e que não irá se pronunciar. "Os advogados do ator estão em busca do responsável pelo vazamento das informações que serão responsabilizados nos termos da Lei", diz o texto.

Já os advogados de André Ligeiro afirmaram que, "diante dos inúmeros elementos de prova", a condenação "já era aguardada", mas que vão recorrer para aumentar o valor da indenização fixado. "A nosso ver, a quantia arbitrada não observa a gravidade da lesão e a capacidade econômica das partes", diz o texto enviado ao F5.

Inicialmente, ao entrar com uma ação na Justiça, André Ligeiro pediu indenização de R$ 100.000 por danos morais. A informação foi publicada na coluna de Mônica Bergamo, em 2017.

Na época, dias depois do ocorrido, Caio Castro afirmou que ficou nervoso e perdeu a razão ao agredir o fotógrafo com uma cabeçada.

Em uma transmissão ao vivo numa rede social, o ator afirmou que não estava tentando justificar o episódio, mas queria explicar com as próprias palavras o que tinha acontecido.


Desenhador por

Adailton Santana.

Agencia UAUNET: Temas UAU

  • Comente com seu blog
  • Comente com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Item Reviewed: Caio Castro é condenado a pagar indenização de R$ 7.000 por agredir fotógrafo em Trancoso Rating: 5 Reviewed By: Adailton Santana