Bem-vindo (a) ! Hoje é

728x90 AdSpace

Procurar no site. Empresas, classificados, hotéis, pousadas, pessoas e notícias.

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Vereador Lula Lima é acusado de usar bens públicos para promoção pessoal.

Uauá-BA: Vereador Lula Lima pode estar usando bens públicos para promoção pessoal.


O vereador de Uauá, Lula Lima (PMDB), que no dia 06 de mês passado, em data de seu aniversário fez uma enorme festa em praça pública para a entrega de um caminhão-pipa no município, viu sua jogada política ser desmascarada. O que era para ser benefício da comunidade se tornou uma ação de caráter duvidoso.


Tudo começa com o termo de cessão do veículo. No documento, a companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) concede um caminhão-pipa para uso de uma associação chamada Associação do Desenvolvimento Econômico e Sustentável do Município de Uauá (ADESMU-BA). O detalhe é que a sede desta associação, segundo o termo, fica localizada na rua Senhor do Bonfim, com número referente a própria casa do vereador. O outro elemento que chama a atenção é que o presidente da associação é o irmão do vereador Lula, Bruno Hiago Lima Matos.


É importante destacar que a referida associação não tem a declaração de utilidade pública, pois para isso é necessário o reconhecimento de dois anos de atuação e também a aprovação da Câmara de Vereadores do município, algo que nunca ocorreu. A associação, inclusive, foi fundada apenas em janeiro deste ano, 16 dias após o vereador ter tomado posse. Vale ressaltar que esses itens citados anteriormente são essenciais para uma instituição conveniar com órgãos públicos.


Todos estes indícios supõem de que a associação foi criada para postular bens públicos junto aos órgãos para serem usados de forma pessoal, com cunho político, como aconteceu com o caminhão-pipa entregue como uma conquista do vereador.


Ainda sobre o caso, também já foi relatada outra gravidade, pois segundo pessoas, tem sido cobrado taxas pelo serviço do veículo para o fornecimento de água, algo que fere o parágrafo segundo do termo, onde afirma que o “bem cedido será utilizado, exclusivamente, para o desempenho de suas finalidades exclusivamente de interesse público, sendo vedada a sua utilização para atendimento de interesses particulares ou privados”.


Mais um ato vil é que o vereador Lula Lima, pode estar fazendo aparelhando na Câmara, onde, o referido  presidente da associação, Bruno Lima, ocupa um cargo de Assessor Parlamentar.


Com a palavra, ambos os irmãos.






[caption id="attachment_31090" align="alignnone" width="1043"] ?[/caption]

[caption id="attachment_31091" align="alignnone" width="1024"] ?[/caption]
[caption id="attachment_31092" align="alignnone" width="900"] ?[/caption]
[caption id="attachment_31093" align="alignnone" width="1529"] ?[/caption]
[caption id="attachment_31094" align="alignnone" width="971"] ?[/caption]
[caption id="attachment_31116" align="alignnone" width="720"]Fonte: http://www.tcm.ba.gov.br/portal-da-cidadania/pessoal/ Fonte: http://www.tcm.ba.gov.br/portal-da-cidadania/pessoal/[/caption]

Desenhador por

Adailton Santana.

Agencia UAUNET: Temas UAU

  • Comente com seu blog
  • Comente com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Item Reviewed: Vereador Lula Lima é acusado de usar bens públicos para promoção pessoal. Rating: 5 Reviewed By: Adailton Santana