Bem-vindo (a) ! Hoje é

728x90 AdSpace

Procurar no site. Empresas, classificados, hotéis, pousadas, pessoas e notícias.

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Embasa esclarece sobre boatos que circulam no Whatsapp

Embasa esclarece sobre boatos que circulam no Whatsapp
A Embasa esclarece que são falsas duas informações alarmantes que estão sendo compartilhadas em grupos de whatsapp. A primeira se refere a um suposto golpe relativo a uma conta de água e esgoto. A fatura mencionada na postagem refere-se a uma ligação ativa de cliente que, após ter o valor de sua conta revisado, recebeu uma segunda via sem retificação do valor e, na loja de atendimento da Embasa, foi avisado sobre o erro. A conta com o valor correto já foi entregue a esse cliente.
A segunda informação é sobre duas pessoas em uma kombi que estariam usando a desculpa de coletar amostras de água para roubar residências. Sobre isso, é preciso esclarecer que a Embasa só coleta amostra deágua, para análise da qualidade em laboratório, em mananciais, pontos da rede distribuidora e antes do hidrômetro dos imóveis atendidos, ou seja, fora dos domicílios, não havendo contato com os moradores para a realização do serviço.
Adriano Aleixo / Assessoria de Comunicação da Embasa
Unidade Regional de Senhor do Bonfim

Desenhador por

Adailton Santana.

Agencia UAUNET: Temas UAU

  • Comente com seu blog
  • Comente com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Item Reviewed: Embasa esclarece sobre boatos que circulam no Whatsapp Rating: 5 Reviewed By: Adailton Santana