Bem-vindo (a) ! Hoje é

728x90 AdSpace

Procurar no site. Empresas, classificados, hotéis, pousadas, pessoas e notícias.

sábado, 28 de outubro de 2017

Audiência Pública em Uauá discute sobre a violência contra a mulher

Audiência Pública em Uauá discute sobre a violência contra a mulher
Com o tema “Mulher, o silêncio não protege”, Conselho Comunitário de Segurança Pública, Polícia Militar e a Prefeitura de Uauá através da Secretaria de Ação Social e Combate à Pobreza, realizaram na tarde desta sexta-feira (27) Audiência Pública com o intuito de esclarecimentos, conscientização, informação acerca de como a mulher agir e buscar soluções de Proteção contra seus agressores.
Participaram a convite, a Delegada da Polícia Civil de Juazeiro Rosineide Mota, na qual deu uma palestra sobre casos que envolvem agressão a mulher por parte de seus agressores, que métodos e solução buscarem para Proteção da mulher em relação aos seus algozes e outros assuntos. “A violência contra a mulher nem sempre se caracteriza pela violência, moral, sexual, física, mas sim a violência psicológica como um dos fatores que afetam as mulheres. { o que nos preocupa é a questão da sutileza, violência psicológica sutil psicológica que por vezes a mulher nem se da conta..., o que aconselhamos é Denuncie, não se calar]...” Disse Rosineide.
 
Representando o Prefeito Municipal, Áquila Almeida, Chefe de Gabinete, disse que a Administração Municipal ficou feliz em contribuir efetiva e materialmente com a realização do evento público que é de sobrelevada importância. “Recebi o Major no Gabinete do prefeito o mesmo intermediava sobre a tentativa de travar um debate público sobre violência de gênero em Uauá, e nós fizemos esse debate proveitoso e libertador”, destacou.
 
Para o Tenente Pablo Gonzaga, Comandante do 4º Pel. de Uauá o  evento foi considerado de extrema importância várias esferas municipais e estaduais, diversos representantes municipais, Policia  Civil, sociedade  compareceu em peso, foi muito importante para se fazer  uma Uauá melhor. Pontuou.

Desenhador por

Adailton Santana.

Agencia UAUNET: Temas UAU

  • Comente com seu blog
  • Comente com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Item Reviewed: Audiência Pública em Uauá discute sobre a violência contra a mulher Rating: 5 Reviewed By: Adailton Santana